13/08/2022

Clique aqui para ler a coluna Responsabilidade Social e Ética, o artigo Vestir azul, por Lucila Cano.

 



Dines e Nassar são os vencedores do Prêmio Personalidade da Comunicação 2002
Em votação direta pela Internet, que contabilizou cerca de 2.000 votos em todo o Brasil, Alberto Dines, do Labjor e Observatório da Imprensa, e Paulo Nassar, da Aberje, foram eleitos os vencedores do Prêmio Personalidade da Comunicação 2002, respectivamente nas categorias Imprensa e Empresarial. Ambos serão homenageados durante o 5º Congresso Brasileiro de Jornalismo Empresarial, Assessoria de Imprensa e Relações Públicas, em cerimônia programada para o dia 25 de abril, às 19 horas, no Centro de Convenções Rebouças, em São Paulo, que terá Miguel Jorge (o vencedor de 2001) como presidente. Para garantir a lisura e independência do processo de escolha, a Mega Brasil uniu forças com a Maxpress, principal empresa de mailing de imprensa do País, no desenvolvimento de uma ferramenta que garantiu um processo de eleição extremamente rigoroso e que, entre muitos outros recursos, impediu a repetição de votos por um mesmo eleitor, de modo a favorecer um ou outro candidato. "O processo democrático de escolha e a tecnologia de segurança adotada, consolidaram a magnitude do Prêmio", diz Decio Paes Manso, diretor da Maxpress. A votação, que se estendeu pelos meses de março e abril, abrangeu um universo superior a 20 mil profissionais de todo o País, a partir de um banco de dados organizado e atualizado pelas equipes da Mega Brasil e Maxpress. "O esforço desempenhado pelas duas empresas nesta edição do Prêmio foi recompensado pela participação expressiva do mercado, o que garantiu representatividade aos dois profissionais eleitos", comentou Marco Antonio Rossi, diretor da Mega Brasil. Dines é um dos mais consagrados jornalistas brasileiros e um dos mais críticos olhares de nossa imprensa. A maciça votação recebida pelos colegas de redação do Brasil todo não deixa de ser o reconhecimento pelo seu passado e pelo excepcional trabalho que vem fazendo no Observatório da Imprensa. Nassar, por seu lado, consagra-se como um dos mais importantes pensadores da Comunicação Empresarial brasileira, sobretudo pelo trabalho que vem fazendo à frente da Aberje, nesses últimos sete anos, contribuindo decisivamente para reformular cabeças e dogmas e para impulsionar esta que se tornou uma estratégica atividade profissional.



Alberto Dines
No Brasil, ainda é muito raro encontrar jornalista com auto-crítica sobre atitudes e comportamentos. Nos instantes em que foi levado a refletir sobre o seu mundo e sobre sua influência, o jornalista brasileiro, com certeza, foi instigado por Alberto Dines...
Ele publica notícia e é noticiado desde 1952. Há meio século ele traça roteiros, escreve livros, cria jornais, revistas, vai ao rádio, à televisão, e critica a mídia e seus representantes. Afinal, Dines conquistou autoridade para isto. A partir de 1952, o Brasil passou a contar com o texto e a opinião dele nos principais veículos de comunicação. Sua presença também ganhou importância no exterior. Nas universidades do Brasil, Portugal e Estados Unidos seu nome tem o significado dos grandes mestres do jornalismo.
Mesmo com essa trajetória, de fazer orgulho a qualquer um de nós, Alberto Dines tem a grandeza dos humildes e não demonstra preocupação em receber prêmios. Ainda assim, os profissionais da Comunicação insistem: já o premiaram, ao longo dos anos, reconhecendo nele um exemplo a ser seguido.
No 5º Congresso Brasileiro de Jornalismo Empresarial, Assessoria de Imprensa e Relações Públicas, os comunicadores materializam num prêmio o respeito e a gratidão pelo conjunto de sua obra. Por decisão, através de uma eleição direta, Alberto Dines conquista o Prêmio Personalidade da Comunicação, categoria Imprensa.

Paulo Nassar
O Paraná é seu berço e São Paulo, o cenário de sua evolução profissional e cidadã. Deixou Londrina ao final da década de 60, onde era líder estudantil e veio para a Capital Paulista.
Nas ruas paulistanas enfrentou de perto as conseqüências da repressão dos anos de chumbo. Estudou matemática, pertenceu à geração da poesia marginal, escreveu para o teatro...
Gritou pela democracia, foi preso... sonhou e viu de novo a liberdade... Formou-se em jornalismo, esteve na grande imprensa e se firmou como um dos grandes da Comunicação Corporativa. Este é Paulo Nassar: Prêmio Personalidade da Comunicação. Um reconhecimento manifestado por seus companheiros de profissão em todo o Brasil.
Ele é bacharel em Comunicação Social, habilitado em jornalismo, pela Universidade Católica de São Paulo. Mestre em Ciências da Comunicação pela Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo, em 2001.
Jornalista, publicitário e professor, Nassar é diretor-executivo da Aerje – Associação Brasileira de Comunicação Empresarial. É colunista do site da Gazeta Esportiva e da Revista Vida & Trabalho Melhor – Seção: Comunicação Corporativa.
É vice-presidente da ACELP – Associação de Comunicação Empresarial de Língua Portuguesa e vice-presidente da Amerco – Associação de Comunicação Empresarial do Mercosul.
Busca